Seminário

QUEM CONTA A HISTÓRIA? OLHARES E IDENTIDADES NO CINEMA BRASILEIRO
Temática Histórica, Preservação e Educação

Data: 23/06 | sexta
Hora: de 14h30 às 17h
Local: Auditório I – 2º andar - Centro de Convenções

As questões sobre representação e representatividade são a tônica do cinema contemporâneo, quando a quantidade de cineastas mulheres, indígenas e negros aumenta em quantidade, e quando diretores de outras condições sociais buscam filmar o outro. O assunto não é novo, mas ganha novas tonalidades na atual contingência histórica. Alteridade é uma palavra chave, “lugar de fala também”. Mas olhando em retrospecto, o que a História do cinema brasileiro nos revela sobre essa questão e seus paradoxos?

Convidados:
Antônio Leão – Pesquisador, colecionador, escritor e homenageado da Temática Preservação | SP
Cristina Amaral – Produtora, montadora e homenageada Temática Histórica |SP
Pedro Portella Macedo – Cineasta e antropólogo | MG
Patrícia Ferreira – Cineasta indígena – Mbya-Guarani | RS

Mediador: Francis Vogner dos Reis – Crítico de cinema e curador Temática Histórica |SP