Escolas têm até 02 de junho para se inscrever gratuitamente para participar das sessões Cine-Escola

A 12ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto,que acontece entre os dias 21 e 26 de junho, na cidade histórica de Ouro Preto, está com inscrições abertas para o Cine-Expressão - A Escola vai ao Cinema. O programa oferece uma agenda gratuita e personalizada para atender estudantes e educadores, através da oferta de sessões cine-escola, seguidas de cine-debates, com a exibição filmes, para crianças a partir de cinco anos.

O Cine-Expressão é um programa socioeducacional-cultural que une as linguagens educação e cultura, com foco na formação do cidadão, a partir da utilização do audiovisual no processo pedagógico interdisciplinar. É uma iniciativa que possibilita conscientizar, sensibilizar e envolver o universo educacional no contexto do audiovisual, através da promoção de sessões cine-escola, cine-debates, lançamento de livros, encontros e debates dirigidos a estudantes e educadores.

 As escolas interessadas em participar do programa podem fazer as inscrições até 02 de junho pelo site. As sessões serão realizadas no Cine Vila Rica e no Centro de Convenções da UFOP que receberá a instalação de um cinema digital, o Cine-Teatro especialmente para receber a programação. A expectativa é atender mais de 3.000 estudantes da rede de ensino de Ouro Preto e distritos durante o evento.

 Para crianças de 05 a 07 anos, serão exibidos quatro curtas, nos dias 23 de junho, às 8h30 e 14h; e 26 de junho, às 14h, no Cine-Teatro: Lipe, Vovô e o Monstro, animação de Felippe Steffens e Carlos Mateus; O menino quadradinho, ficção de Diego Lopes; Cadê meu rango, animação de George Munari Damiani; e Médico de Monstro, ficção de Gustavo Teixeira.

 Já os estudantes de 08 a 10 anos poderão conferir, no dia 26 de junho, às 8h30 e 14h, no Cine Vila Rica, os curtas A menina espantalho”, ficção de Cássio Pereira dos Santos; Pierre e a Mochila”, ficção de Iuli Gerbase; Caminho dos Gigantes”, animação de Alois de Leo; e A vida deve ser assim”, ficção de Roberto Burd.

 Para os estudantes de 11 a 13 anos, serão exibidos no dia 23 de junho, às 8h30 e 14h, no Cine Vila Rica, os curtas Da janela do meu quarto”, documentário de Cao Guimarães; Meu nome é Paulo Leminski”, trabalho experimental de Cezar Migliorin; Marina não vai à praia”, ficção de Cássio Pereira dos Santos; Pai aos 15”, ficção de Danilo Custódio; e Escola de Cinema Dilermando Cruz”; documentário com direção coletiva.

 Jovens a partir de 14 anos poderão conferir o documentário Últimas conversas”, obra derradeira de um dos maiores cineastas brasileiros, Eduardo Coutinho, agendada para o dia 26 de junho, às 8h30, no Cine-Teatro.

 Toda a programação da CineOP é oferecida gratuitamente ao público.